Not-so-look do dia: Blazer e jeans

Começando mais uma semana já com o sentimento de que essa vida adulta não dá trela pra ninguém.

imagem: google

Como eu acordei hoje querendo nunca mais ter que trabalhar, ou ganhar dinheiro, ou lutar pela minha sobrevivência, tive que me vestir de modo a esconder todo esse sentimento destrutivo. Como? Sendo adulta! E como ser adulta em apenas um passo? Usando um blazer!

Nós falamos muito de blazer aqui e, apesar de amá-los muito, não é uma peça que eu uso toda semana. Hoje, o friozinho estava presente e foi ele que me salvou. Vamos à produção nada complexa (e com foto de celular):

imagem: not so it

 

imagem: notsoit

Desnecessário o close no pé, né? Malz ae.

Blazer: Renner 
Camiseta listrada: Keeper
Jeans: roubado do armário da mãe, tenho nem ideia de onde é
Sapatilha: C&A
Bolsa: Rainha de Laço

O blazer da Renner já é bem antiguinho. Na época, foi uns R$120. Vale ressaltar que eu comprei um outro blazer E-XA-TA-MEN-TE igual, com o mesmo acabamento interno (e até com um botão mais bonito e uma etiqueta “Zara” pra completar) no Ebay, e custou $12. Sem frete. Pois é.

A sapatilha foi R$29,90 e também é bem antiga. Se eu tivesse algum compromisso mais sério, até colocaria um salto. Mas, como iria ficar sentadinha no escritório da Not so it o dia inteiro, achei que não teria problema quebrar a “adultice” com a sapatilha engraçadinha. Pra não ficar tudo “combinandinho” de preto, branco e vermelho, escolhi essa bolsa amarelona, que deu uma bagunçada boa no esquema de cores, mas eu nem liguei. De resto, é blusa básica de malha e o jeans dobradinho (que, diga-se de passagem, não me serviu, mas a gente usa mesmo assim).

Maquiagem quase inexistente com o BB Cream da L’Oréal, blush rosinha e rímel. Pá pum.

Essa semana voltamos com mais coisas da vida de uma not-so-it girl.
Ah, e obrigada a todo mundo que comentou no último post de desabafo e elogiou o texto. Lágrimas rolaram de emoção! ❤

Beijocas e boa semana pra todos nós! 

Lorena

Obsessão: Skater Skirts

Falei que elas iam acabar aparecendo por aqui e logo vieram! Minha mais nova obsessão: as saias skater!

Essas peças são em formato godê e com cintura alta – muito parecidas com as saias típicas da década de 50 (que as pessoas insistem em achar que são da década de 60). A maior diferença, porém, é que elas são curtinhas!

Na verdade, elas estão por aí já tem um tempinho. No verão, vieram com estampas florais, acompanhadas de cintinhos finos e em cores pastel. Agora, com o frio fingindo que se aproxima, a gente já vê um montão delas, dessa vez em couro, moletom ou tecidos mais estruturados. Concluindo: fogo e paixão. Vem ver alguns exemplos:

imagem: notsoit

1. Riachuelo
2. Aliexpress
3. Colcci

Por que elas são tão maravilhosas? Bom, primeiro, porque não são em nada limitantes: a sapatilha acompanha bem, assim como a botinha, o tênis, o scarpin, a sandália, etc. Mesma coisa quando pensamos nos tops: podemos combiná-las com camisas, camisetinhas sem manga, t-shirts, croppeds, casacos de couro e mais mil etc.

Além disso, as bichinhas são uma festa da democracia em relação a caimento: não importa a estrutura do seu corpo, as chances são que elas vão vestir super bem. O modelo skater, por ser acinturado e godê, é excelente para equilibrar medidas. Por exemplo: meninas que têm o tronco mais largo conseguem uma melhor proporção ao acrescentar volume embaixo. Quem tem aquela pancinha especial também consegue escondê-la, caso deseje. As magrinhas também são super beneficiadas, por conta do modelo estruturado que engana os olhos. Até aí, tudo perfeito. Porém, a tendência é que essa saia dê sempre a impressão de pernas mais finas. Portanto, se isso é algo que te incomoda, procure aquelas que tenham tecidos um pouco mais fluidos. Assim, essa discrepância entre a largura da perna e da saia vai ser menor!

Onde encontrá-las?

Bom, além dessas opções da imagem, sei que vocês também encontram esse modelo fácil fácil no Ebay, na Farm, na na C&A e na Renner (nessa última, inclusive, de vários tecidos diferentes e com preços ótimos. Uma pena que o site está fora do ar, então não consegui imagens). Se acharem em mais algum lugar, avisem pra gente nos comentários!

Curtiram a skater? 😉

Beijos!

Lorena

Pechinchando no Rio, Forever 21 e not-so-look do dia

Título caótico, só porque esse post vai falar desse tudo mesmo!

Semana passada fui ao Hill de Janeiro visitar Juanito Sensação com exatos zero reais na carteira. Longe de mim ter a intenção de comprar qualquer coisa com zero reais na carteira, mas eu juro, tô virando muito mestre em achar as coisas mais legais nos preços mais esdrúxulos (“esdrúxulo” aqui é um adjetivo positivo, ok?). Daí a esperança não morre.

Fomos até a… URUGUAIANA!

fist-pump-crying-gif
Eta lugar maravilhoso! Tudo lá é tamanho família: capinha de celular do tamanho da mão do Michael Jordan, fones de ouvido que mais parecem um escafandro, paletas de maquiagem Jasmine 3D com 296 cores de sombra e 3 blushes… tudo por aproximadamente R$2. Fui cavucando, cavucando pra ver se encontrava alguma coisa, mas acabei trazendo pra casa apenas um batom da Fenzza, que eu sabia que era baratinho e de boa qualidade. Comprei o da linha Passion, número 05. Ele custou R$3,80 e eu gostei bastante da cor. Como tenho uma pele muito rosada, o fundo azulado dele combinou bem. A durabilidade é a de um batom cremoso: sai relativamente fácil, mas deixa a boca com um pouco de cor.

Imagem: notsoit

Imagem: blog Beauty Day

Imagem: blog Beauty Day

Já tinha ultrapassado a minha verba quando gastei esses R$3,80 e achei que a minha SHOPPING SPREE tinha acabado por aí (corta a cena pra um vídeo meu desses de “fashion haul”, onde as blogueiras mostram as compras que fizeram. Só que o meu vídeo tem 20 segundos  e eu mostro UM batom de menos de R$4). Até que fomos nos aventurar pelo Village Mall, lugar “onde os pobres não têm vez”, lar da nossa doce Forever 21 brasileirinha. Vou resumir a Forever 21 em algumas frases pra vocês: fila de meia hora pra entrar, fila de mais meia hora pra experimentar, mais uma fila de umas duas horas pra pagar. Acham que eu fiquei lá? Ramás. A galera SUUUPER DESCOLAAADA (sotaque paulista) que trabalha lá estava na porta pedindo pras pessoas voltarem durante a semana (fui num domingo).

Nos cinco minutos que eu andei pela loja, vi muitos acessórios baratos, mas tudo no esquema maxi-fluo-franja-pedra. Ou seja, zroinc. Achei que ia morrer com as roupas, mas não morri. Achei tudo fuén, de material mediano. As coisas mais bonitas estavam na faixa de preço da Renner (R$89,90, por aí), então não achei assim tão baratinho.

Mas falando nela… ah, Renner. Vamo voltar? A gente se separou quando comecei a não poder comprar nem blusinha de malha lá. Os preços foram subindo e a gente se afastando. Mas a Renner do Barra Shopping, cara… é igual quando você encontra o ex-peguete que agora tá forte e bonito. Dá raiva, mas você fica balançada ❤ Rodei, rodei e rodei. Experimentei umas saias lindas de R$39,90, estilo skater, com cinturinha alta, mas lógico que o esquema de tamanhos era 36 ou 48. No fim das contas, acabei me apaixonando por uma espadrilha de brilho:

imagem: notsoit

 

Na etiqueta, R$39,90. No caixa, R$29,90. Como não amar?

“Mas Lorena, espadrilha é sapato de verão, né…”. Verdade, mas pé de pobre não tem estação. Acabei usando ela hoje de um jeitinho que eu achei que não fugiu tanto do esquema outono/inverno. O fato de ela ser preta também colabora bastante!

É de celular, mas é de coração

É de celular, mas é de coração

imagem: notsoit

 

Calça: C&A
Camisa de cavalinhos: C&A
Camisa de cima: Carrefour
Espadrilha: Renner
Bolsa de franjas: Ebay
Anel: Saryta Semijoias

Queria ter combinado tudo com uma bolsa mais estruturada, mas no caso, tá em falta. Aí acabei aceitando a de franjas mesmo, e ainda achei que fez sentido junto com a espadrilhazinha.

No fim das contas, curti bastante minhas pechinchas!

Beijos e até a próxima!

Lorena

 

Pechinchas na loja online da TNG – pras meninas!

O Juan veio mostrar as coisas legais pra meninos (que por sinal, estão legais DEMAIS!), e eu vim mostrar as coisas legais pra meninas!

A dica da Aline foi demais, eu tive uma experiência quase-morte quando vi esse site. Juro que desceu uma luz do ceu com o som angelical de “oooooooh”. A TNG nunca me chamou a atenção (vai ver que é porque no shopping da minha cidade, ela fica perto da praça de alimentação, e quando eu chego perto da praça de alimentação, meu amigo… não sobra mais atenção pra nada!), mas agora vou começar a ter mais carinho com ela!

Olhem as minhas escolhas!

Não sei nem com qual peça eu morri mais, mas esse suéter argile e as blusinhas cinzas serão minhas, até que a morte nos separe. Achei o preço da calça EXCELENTE também, mas nunca comprei jeans lá na TNG, então não sei se veste muito bem. E o shortinho de couro marrom? Digno. Digníssimo!

As peças estão todas lá na Loja Online da TNG! Corre senão eu compro tudo (mentira, não tenho dinheiro).

Beijos,

Lorena

Pechinchas na loja online da TNG

Depois de ficar bravo com a Band e desabafar aqui no blog vou dividir uma coisa bacana. Nossa amiga e leitora Aline Henriques nos mandou uma mensagem ontem dando uma super dica. Ela nos contou que foi procurar uma blusa que ela tinha comprado e teve uma grata surpresa, os preços maravilhosos da loja online da TNG.

Particularmente gosto bastante da marca, sempre tem peças com as tendências, o preço da loja não é dos mais caros e quando entram em promoção é uma festa.

Selecionei algumas peças da coleção de inverno que podem perfeitamente serem usadas neste verão, por mim compraria todas, mas…aquele velho papo, tô sem dinheiro blábláblá que não vou desgastar vocês.

Se você quer jogar seu armário inteiro no lixo e começar do zero, estas peças escolhidas seriam um início interessantíssimo, com possibilidades de looks muito versáteis e somariam R$ 569,10 por nove peças, menos de R$ 65,00 cada. Uma pechincha!

Ah, é claro que tem feminino também  e a Lorena vai postar depois para vocês!

Juan

Pechinchas!

Olha, eu parafrasearia minha mãe Rita de Cássia aqui agora e diria que eu “abri o comprador” nesses últimos dias. Tem bastante tempo que não faço compras, devido ao meu atual estado financeiro que beira o PRECÁRIO, mas andei achando umas pechinchas tão pechinchadas que não consegui ignorar.

Primeiro, foi a blusa da Baba de Moça que falei nesse post aqui. Então no domingo, eu estava no auge da minha constante insônia, quando achei essa sandália aqui na Passarela:

Eu normalmente não me sinto atraída por sandálias assim, mas imaginei ela de shortinho e camisa no auge do verão e aí meu coração bateu mais forte. Mas, como sempre, dei um passo pra trás e pensei: “Lorena, é realmente necessário?”, especialmente quando vi que só tinha o tamanho 38, quando meus delicados pés (risos) são tamanho 37. Seria válido arriscar? Nunca havia comprado um sapato online. Quantas indagações, OH, quantas indagações. Mas quando vi o preço “R$79,90”, as indagações foram embora. Cliquei e comprei.

Um dia e meio depois, eis que ela chega! Tão rápida e tão serena. Um tanto larguinha na canela, é verdade, mas linda:

Olha ela aí, olha (olhar de mãe orgulhosa pro filho)!

Tô doida pra sair sendo a pessoa mais alta da balada com ela! 🙂

Beijos,

Lorena